Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

AS FRONTEIRAS MAIS ESTRANHAS DO MUNDO

Mäyjo, 22.07.17

foto_1

DIFERENTES FRONTEIRAS ENTRE PAÍSES DO MUNDO

Mäyjo, 08.09.16
Uma fronteira é o limite entre dois países.

As fronteiras representam muito mais do que uma mera divisão, elas determinam também a área territorial exata de um País.
São delimitações territoriais e políticas que garantem a autonomia e a soberania desse país perante os outros.
 
As fronteiras podem ter diferentes aspetos: podem ser naturais, geométricas ou arbitrárias, de que são exemplo as 23 fronteiras entre países pelo mundo que podem ser vistas nas imagens em baixo.
 
A diferença entre elas é notória: elementos naturais, delimitações políticas, barreiras físicas construídas e tensão militar marcam a geopolítica mundial.

 

Brasil e Uruguai.
Países Baixos e Bélgica.
Bélgica, Países Baixos e Alemanha.
China e Índia.
Egito e Israel.
Estados Unidos e Canadá.
Brasil e Bolívia.

Estados Unidos e Canadá. A maior fronteira do mundo, com aproximadamente 8.900 km.
Áustria, Hungria e Eslováquia.
Coreia do Norte e Coreia do Sul.

Paquistão e Afeganistão. Vigiada por soldados dos EUA.
Ucrânia e Polônia.
Brasil e Argentina.
China e Nepal. Fronteira delimitada pelo cume do Everest.
Costa Rica e Panamá.

Estados Unidos e México.
Espanha e Gibraltar (Reino Unido). A menor fronteira do mundo.
Noruega e Suécia.
Argentina, Paraguai e Brasil.
Argentina e Chile.

Haiti e República Dominicana.
Cazaquistão e China.
Marrocos e Espanha (Ceuta e Melilla).

Visto de cima

Mäyjo, 28.06.15

Niagara Falls

Niagara Falls.jpg

Cataratas Do Niágara

43.0799°N 79.0747°W

Fronteira entre Ontário, Canadá e Nova York, Estados Unidos

Niagara Falls é o nome coletivo para três cachoeiras que se situam na fronteira entre Ontário, Canadá e Estados Unidos. As quedas têm a maior taxa de fluxo de qualquer cachoeira do mundo, com uma queda vertical de mais de 50 m. O barco Maid of the Mist, visível aqui, leva passageiros nas corredeiras imediatamente abaixo das quedas desde 1846.